Publicidade

Arquivo do Autor

quarta-feira, 23 de abril de 2014 Mercado | 06:00

Cláusula libera Kaká para sair de graça do Milan em julho

Compartilhe: Twitter

Não classificação do Milan à Liga dos Campeões permite a saída de Kaká sem custos

A vontade do presidente são-paulino Carlos Miguel Aidar de repatriar Kaká soa como impossível, mas certamente seria mais barata do que, por exemplo, as contratações de Alexandre Pato pelo Corinthians e de Leandro Damião pelo Santos.

Tudo porque o Tricolor só teria de arcar com os salários do meia. Há uma cláusula no contrato de Kaká que lhe permite deixar o Milan de graça em julho, por não ter alcançado vaga na próxima edição da Liga dos Campeões — com 51 pontos, o time de Milão só pode chegar a 63, cinco pontos a menos do que o Napoli, último que se classificaria hoje.

“O problema é conseguir pagar seu salário”, alerta uma pessoa próxima de Kaká — o meia embolsa cerca de R$ 1,8 milhão por mês, livre de impostos. “E ele não vai aceitar reduzi-lo, porque já fez isso em 2013, ao deixar o Real Madrid”, emenda.

Ninguém do São Paulo procurou Kaká recentemente para falar sobre valores. Em compensação, o ex-jogador da seleção tem propostas da China, do Oriente Médio e sondagens de dois clubes da Inglaterra.

Sonho americano
Antes de pensar em voltar a jogar no Brasil, Kaká tem vontade de morar nos Estados Unidos. Amigo de David Beckham, ele ouviu milhares de elogios sobre o país.

Peso nas contas
A cláusula que permite o fim do contrato pela ausência na Liga dos Campeões vale para Kaká e para o Milan. O clube pode exercê-la a fim de aliviar suas contas, levando em consideração que deixará de ganhar milhões pela ausência no torneio.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 22 de abril de 2014 No Diário de S. Paulo | 21:30

Coluna desta terça-feira

Compartilhe: Twitter

coluna

Autor: Tags:

Mercado | 20:51

Danilo desiste de se aposentar no Corinthians e cogita mudança para o exterior depois da Copa do Mundo

Compartilhe: Twitter
fabiano

Danilo chegou ao Parque São Jorge em 2010 e conquistou cinco títulos diferentes

A renovação de contrato de Danilo, na metade de fevereiro, deixou a impressão de que o meia conseguiria realizar sua vontade de encerrar a carreira no Corinthians em junho de 2015. Mas, apenas dois meses depois, a realidade é outra.

Aos 34 anos, Danilo percebeu que está fora dos planos de Mano Menezes e já garantiu a amigos que deve se despedir do Parque São Jorge na próxima janela de transferências – voltar ao Japão ou fazer uma temporada no Oriente Médio são as duas maiores possibilidades.

A convicção de que perdeu espaço ocorreu após a estreia alvinegra no Brasileirão, domingo, em Uberlândia. Mano até o relacionou para o banco de reservas, só que não o incluiu nas três substituições ao longo do segundo tempo – entraram Guerrero, Bruno Henrique e o garoto Zé Paulo – do empate em 0 a 0 com o Atlético-MG.

“Está bem claro para o Danilo que ele é o próximo alvo. Exatamente como foi com o Pato, com o Ibson, com o Douglas e mais recentemente com o Sheik”, explica um parceiro de Danilo.

A reformulação no Parque São Jorge atingiu os donos dos maiores salários e os atletas mais velhos, exatamente com o perfil de Danilo. Nem o fato de ter estendido o contrato recentemente é garantia de algo, como ficou claro com Sheik – o atacante havia prorrogado seu vínculo na metade do ano passado.

Contratado em 2010, Danilo conquistou o Brasileirão em 2011, a Libertadores e o Mundial em 2012, além do Paulistão e da Recopa na temporada passada.

Autor: Tags: , ,

Mercado | 06:00

São Paulo recusa Adriano e vai atrás de Alan Kardec

Compartilhe: Twitter

Alan Kardec pode trocar o Palestra Itália pelo Morumbi depois da Copa do Mundo

Carlos Miguel Aidar só completa a primeira semana à frente do São Paulo nesta quarta-feira. Apesar do pouco tempo, o presidente tricolor tem quebrado a cabeça com dois assuntos: a indicação dos novos diretores e a busca por um centroavante. Algumas decisões importantes, inclusive, já foram tomadas.

Aidar descartou durante o feriado o retorno de Adriano. E, quase que simultaneamente, concordou que um representante do clube entrasse em contato com o pai de Alan Kardec, que está emprestado ao Palmeiras até 30 de junho.

“A gente quis saber como é a situação”, confirma um interlocutor do presidente. “Soubemos que há um impasse entre o Palmeiras e o pai do Kardec em relação a salários, mas, ainda assim, o Palmeiras tem tudo para renovar com ele”, aponta o são-paulino, sem negar que um desacordo coloca o Tricolor como forte candidato a receber o artilheiro.

Verdão e Benfica já se entenderam em relação ao valor da compra: 4 milhões de euros. Porém, algumas das cláusulas do contrato de produtividade que o Palmeiras quer para Alan Kardec irritam o pai e o jogador.

Nem pensar - Um amigo de Adriano ligou durante o feriado para um conhecido na comissão técnica do São Paulo. Afirmou, ao telefone, que o Imperador está muito interessado em voltar a jogar pelo time do Morumbi.

Mais do que isso: o parceiro do atacante avaliou que o São Paulo é o único clube capaz de colocá-lo na linha, como já ocorreu na primeira passagem, em 2008.

Porém, apesar de todo o apelo sentimental, a possibilidade de retorno de Adriano não vingou. O primeiro a descartar a ideia foi Muricy Ramalho, que julgou multo alto o risco de contar com o artilheiro se levados em conta todos os problemas que o acompanham por onde passa.

Ainda assim, Aidar, e o vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, sentaram-se à mesa para analisar os prós e contras. A conclusão foi desanimadora para o Imperador. A dupla está convencida de que é preferível ficar sem reforços para o ataque do que contratá-lo. “Já erramos uma vez. Insistir no erro seria burrice”, afirmou um cartola próximo a Aidar.

Autor: Tags:

segunda-feira, 21 de abril de 2014 No Diário de S. Paulo | 23:13

Coluna desta segunda-feira

Compartilhe: Twitter

coluna

Autor: Tags:

Futebol | 19:20

Irmã revela briga do presidente do Santos pela vida

Compartilhe: Twitter
laor

Luis Alvaro está mais magro e depende de muleta para andar

Licenciado do cargo de presidente do Santos desde agosto do ano passado, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro ainda briga pela vida. O dirigente, que chegou a ficar na UTI por complicações cardíacas e pulmonares, está muitos quilos mais magros e ainda depende de cuidados médicos.

Ontem, sua irmã Silvia Pimentel de Oliveira Ribeiro postou uma foto de Laor, como também é conhecido. O santista depende de uma muleta para se locomover e ainda fala com alguma dificuldade, mas progride a cada mês, para alegria da família.

Por causa da Páscoa, Silvia fez uma declaração emocionada a Laor, em sua página no Facebook. “Meu irmão querido, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, se recuperando lentamente de dois anos e meio em que a morte, apressada, veio tentar tirá-lo de nós por mais de duas vezes”, escreveu.

No mesmo texto, a irmã do presidente completou: “mas não contava com a garra e a força de um santista e de um guerreiro”.

A licença de Laor termina em 15 de agosto. Ele já afirmou ao Blog que pretende voltar à presidência, mas depende da aprovação de seu médico particular e da família. Odílio Rodrigues, eleito como seu vice-presidente, é quem administra o clube na sua ausência.

Eleito presidente para suceder Marcelo Teixeira em dezembro de 2009, Laor foi campeão da Libertadores em 2011, da Recopa em 2012, da Copa do Brasil em 2010, além de tricampeão paulista, em 2010, 2011 e 2012.

Autor: Tags:

Futebol | 06:00

Ex-goleiro do São Paulo se diz “bem mais feliz” no Porto

Compartilhe: Twitter
fabiano1

Fabiano fez uma única partida como profissional do São Paulo; hoje, é titular no Porto

O goleiro Fabiano passou quase quatro anos no São Paulo e esteve em campo uma única vez. Hoje, a realidade dele é bem diferente. Nesta temporada, ele já acumula 24 partidas com a camisa do Porto, incluindo três confrontos pela Liga Europa. Beneficiado pela contusão de Elton, o ex-tricolor é apontado como uma das principais promessas do clube, tem multa rescisória de R$ 40 milhões e fala em entrevista exclusiva sobre os tempos de Morumbi, naturalização, sonhos e futuro.

BLOG_ Você acha que foi mal aproveitado pelo São Paulo?
FABIANO_ Fiz um jogo só, em 2007 (até defendeu pênalti no empate com o Fluminense, no Rio). Infelizmente, não consegui ter outra oportunidade, mas são coisas do futebol.

Mas fica um sentimento de que você poderia ter dado certo?
Eu sou muito grato ao São Paulo, porque todo o meu início de carreira foi no clube. Mas estou bem mais feliz agora, no Porto. O passado só me dá mais força para prosseguir.

Quais as principais diferenças entre o São Paulo e o Porto?
Aqui é um pouco diferente. O clube tem uma estrutura maravilhosa, dá apoio dentro e fora de campo. Sem contar os torcedores, que estão sempre incentivando. E o Porto tem uma história vencedora, com diversos títulos internacionais. Tenho orgulho de jogar aqui.

Você virou titular do Porto depois de uma contusão do Elton. Como a imprensa e a torcida trataram a sua entrada no time?
Eu me concentro muito no meu trabalho e no convívio com os companheiros. Até porque a aceitação dos torcedores depende muito do que eu vou fazer em campo.

E existe rivalidade entre você e o Elton?
O Elton é uma pessoa maravilhosa, que me ajuda desde o meu primeiro dia por aqui. Agora que tenho jogado, estamos ainda mais próximos. Ele me dá força, diz os caminhos a seguir… E eu escuto com muita humildade.

Muitos jogadores brasileiros que se destacam aí estão se naturalizando e defendendo a seleção portuguesa. Pensa nisso?
É uma questão a ser discutida mais para a frente. Estou começando o meu trabalho agora, tenho só três temporadas em Portugal (jogou uma no Olhanense). Conforme eu for desenvolvendo o meu trabalho, as oportunidades tendem a aparecer.

Quais são seus sonhos dentro do futebol?
Procuro pensar passo a passo. Todo jogador de futebol quer chegar ao mais alto nível e realizar sonhos e eu não sou diferente. Por ora, quero fazer história no Porto, ganhar muitos títulos, ser ídolo do torcedor…

Autor: Tags: , , ,

domingo, 20 de abril de 2014 Série B | 22:17

Dono de liminar pró-Lusa não esperava tanta repercussão

Compartilhe: Twitter
renato_azevedo

Fã rubro-verde, Renato tem 41 anos

Ele nunca foi jogador profissional, não tem salário de astro, passa despercebido até no Canindé, mas foi a grande atração da primeira rodada da Série B do Brasileiro. Estou falando de Renato Azevedo, dono da liminar que resultou na saída da Portuguesa do gramado, durante o primeiro tempo do jogo contra o Joinville, na sexta. Fanático pela Lusa, o torcedor tem 41 anos, trabalha na área financeira e explica nesta entrevista exclusiva por que entrou na Justiça, como assistiu a toda repercussão e prevê seu time jogando a Série A.

BLOG_ Quando entrou com a ação contra a CBF, imaginava que ela causaria tanta repercussão?
RENATO AZEVEDO: Nunca. Essa ação é de 21 de janeiro. Em fevereiro, a juíza não concedeu a liminar e imaginei até que já era. Mas, ao ver que a Série A iria começar sem a Portuguesa, a própria juíza voltou atrás e deu a liminar.

Então até você foi pego de surpreso?
Sim. Eu e minha advogada. Para falar a verdade, nunca poderia prever que uma ação minha iria interromper um jogo da Portuguesa. Foi impressionante.

Você suspendeu sua conta no Twitter na sexta-feira por causa das ameaças de torcedores, que o condenavam por supostamente colocar o time na Série C?
Para falar a verdade, ocultei a conta porque começou a vir solicitações de tudo quanto é lado. Mas já reativei ela hoje. E não me vi ameaçado em nenhum momento. Eu já esperava que alguns torcedores não gostassem. Mas não teve ameaça.

Teme ser considerado culpado por uma eventual exclusão da Portuguesa da Série B?
Que fique bem claro: não fui eu quem escalou o Héverton. Também não fui eu quem deu aval para ele jogar. Nem cuidei no julgamento no STJD… também não mandei o time sair de campo na sexta.

Qual era sua intenção quando foi à Justiça?
A Portuguesa fez um excelente campeonato ano passado, com várias dificuldades no aspecto financeiro, de rendas… e mesmo assim terminou no 12º lugar. Dois dias depois, por uma escalação errada, acabou rebaixada. Só que não sei ao certo o que aconteceu em relação à escalação. Quem é o culpado? O que ocorreu de verdade? Atrás dessas respostas, fui à Justiça.

A CBF cassou sua liminar na noite deste sábado, em meio ao feriado. 
É. Que coisa, né? Não conheço a fundo o sistema judiciário, mas fiquei bem surpreso com essa agilidade, em pleno Sábado de Aleluia. Será que é assim para todos?

A CBF tem afirmado que não havia sido citada na sua ação. Isso é verdade?
Mentira. Claro que foi citada.

Como você acha que todo esse imbróglio vai terminar?
Tenho esperança de que todos os processos lá na frente deem a chance de o futebol ser passado a limpo. E ainda acredito na chance de ver a Portuguesa na Série A.

Autor: Tags: , , , , ,

No Diário de S. Paulo | 17:00

Coluna deste domingo

Compartilhe: Twitter

ESP10122004_tt

Autor: Tags: ,

Futebol | 15:56

Programa de sócios do Palmeiras encosta no corintiano

Compartilhe: Twitter

O Avanti, nome do programa dos sócios-torcedores do Palmeiras, deverá chegar nos próximos dias aos 40 mil integrantes. Mais do que isso: pode ultrapassar em algumas semanas o Fiel Torcedor, plano para os corintianos, algo impensável em outros tempos.

O Avanti tem atualmente 39.060 participantes, contra 42.823 dos corintianos. A diferença é de 3.763 pessoas, bem menor do que no fim do último ano, quando os rivais estavam separados por nove mil torcedores.

Enquanto o programa alviverde saltou de 36 mil para 39 mil, o corintiano caiu de 45 mil para pouco menos de 43 mil. No ranking dos clubes brasileiros, o Timão é o sexto, seguido pelo Verdão, em sétimo.

O presidente Mario Gobbi está convencido de que a inauguração da arena em Itaquera garantirá um enorme salto ao Fiel Torcedor em breve. A estreia do estádio está prevista para 17 de maio. Já Paulo Nobre estima contar com o Allianz Parque apenas a partir de 2015.

OS CLUBES COM MAIS SÓCIOS DO PAÍS
1º Internacional – 116.601 membros
2º Grêmio – 76.810
3º Flamengo – 64.357
4º Cruzeiro – 57.159
5º Santos – 55.542
6º Corinthians – 42.823
7º Palmeiras – 39.060
8º Atlético-MG – 28.894
9º Bahia – 24.708
10º Fluminense – 21.965
11º São Paulo – 21.685

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última