Publicidade

segunda-feira, 1 de setembro de 2014 Mercado | 12:36

Bruno Peres acerta com Torino, frustra São Paulo e Palmeiras e alivia os cofres do Santos

Compartilhe: Twitter

Após três meses e meio de novela, o Torino acaba de oficializar a contratação de Bruno Peres. O Santos havia vendido o lateral-direito em 16 de maio, por R$ 6 milhões, porém, o clube italiano só o registrou nesta manhã, no último dia da janela de transferências da Europa.

O impasse se deu porque o Torino não tinha mais vagas para jogadores estrangeiros. Desta maneira, Bruno Peres passou a treinar com o restante do elenco, mas sem saber se permaneceria ou não.

Pior do que isso: mesmo sem ter recebido o dinheiro, o Santos já havia emitido o atestado liberatório, o que fazia de Bruno Peres um jogador livre. Diante da indefinição com o Torino, o lateral passou a negociar com São Paulo e Palmeiras. O acerto com o Tricolor parecia questão de dias, caso não houvesse definição na Itália.

Hoje, no entanto, o Torino enfim conseguiu se livrar de um estrangeiro e registrou Bruno Peres. Seu contrato será de quatro temporadas e ele já pode estrear no domingo, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Italiano, contra a Sampdoria, fora de casa.

Na rodada de abertura do Calcio, o Torino empatou em 0 a 0 com a Inter de Milão em seu estádio – o novo time de Bruno Peres desperdiçou a chance de vencer com um pênalti perdido.

Quem tem motivos para festejar a notícia é o Santos, que receberá os R$ 6 milhões até o fim desta semana. Caso Bruno Peres não tivesse ficado no Torino, o Peixe não receberia pela transferência e teria de recorrer à Fifa para tentar reaver o dinheiro.

1234

Bruno Peres chegou a negociar com Palmeiras e São Paulo nos últimos dias (Diego Fornero/IT)

Autor: Tags: , , , , ,

Mercado | 11:35

Ronaldinho não pode enfrentar Atlético-MG por um ano

Compartilhe: Twitter

O Atlético-MG só aceitou a rescisão do contrato de Ronaldinho Gaúcho, em 28 de julho, depois que o craque engoliu uma cláusula que o impede de jogar contra seu antigo clube. Durante uma temporada, independentemente de seu destino, o ex-jogador da seleção brasileira terá de se ausentar de confrontos com o Galo.

O Palmeiras chegou a ser avisado que não teria Ronaldinho diante do Atlético-MG nas partidas da Copa do Brasil, nem no returno do Brasileiro, enquanto  negociava com seu irmão, Assis.

O veto termina em 28 de julho de 2015, exatamente um ano depois da rescisão entre o clube mineiro e o atleta.

Desempregado há mais de um mês, Ronaldinho Gaúcho já foi oferecido para diversos times brasileiros, como Palmeiras, Corinthians, Santos, Vitória… Seu irmão também tentou negociações com o futebol da Índia, da China e dos Emirados Árabes.

Quem mais se aproximou de um acordo foi o Verdão, que estava disposto a pagar R$ 300 mil mensais, além de bônus por metas: ele ganharia R$ 800 mil se o Palmeiras não caísse para a Série B, mais R$ 800 mil se terminasse o Brasileiro entre os quatro primeiros e mais R$ 800 mil em caso de título da Copa do Brasil.

Ronaldinho Gaúcho está desempregado há 35 dias e já foi oferecido para vários times

Autor: Tags: , , ,

Campeonato Brasileiro | 07:06

Aliados de Nobre pressionam e Gareca balança no Palmeiras

Compartilhe: Twitter

Os resultados de Gareca à frente do Palmeiras nunca foram bons, mas o treinador argentino só agora está ameaçado de demissão. A derrota para o Inter por 1 a 0, sábado, acabou com a paciência de quase todos os aliados do presidente Paulo Nobre.

A consequência: o estafe de Nobre já não é capaz de garantir que Gareca será o comandante alviverde até o fim do Campeonato Brasileiro, como havia ocorrido após outros tropeços.

A revolta dos cartolas tem a ver com a forma como o Palmeiras perdeu pela sétima vez em nove partidas no Brasileirão sob o comando do argentino. O fato de ter armado um time muito ofensivo, que nunca havia treinado junto, pegou mal.

Os aliados de Paulo Nobre já elegeram até um nome para substituir Gareca: Dorival Júnior, que foi entrevistado pela diretoria antes de o argentino bater o martelo, em maio.

Ontem, diante da série de telefonemas que atendeu, o presidente chegou a ouvir que este é o momento para a troca, já que o Palmeiras fará quatro decisões seguidas em casa pelo Brasileirão contra rivais diretos — Criciúma, Flamengo, Vitória e Chapecoense — na parte de baixo da tabela.

Multa salgada - Caso ceda à pressão e demita Gareca, o presidente Paulo Nobre terá de gastar R$ 780 mil apenas com a multa pela rescisão do contrato. O valor equivale à metade do que ele teria a receber até o fim do vínculo, em junho de 2015.

O salário do argentino é de 70 mil dólares mensais, ou R$ 156 mil. O presidente palmeirense ainda tem outro motivo para ignorar a pressão pela dispensa de Gareca: os quatro jogadores argentinos indicados por ele. Mouche, Allione, Cristaldo e Tobio custaram R$ 23 milhões.

Gareca venceu Coritiba, empatou com Bahia e perdeu os outros sete jogos no Brasileirão

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 31 de agosto de 2014 No Diário de S. Paulo | 19:00

Coluna de domingo

Compartilhe: Twitter

coluna

Autor: Tags:

Mercado | 09:06

São Paulo sonha em vender mais um jogador nesta janela

Compartilhe: Twitter

Os R$ 17,6 milhões obtidos pelo São Paulo com as negociações de Douglas e Lucas Evangelista para Barcelona e Udinese, respectivamente, não foram suficientes para acertar as contas. Até por isso, o Tricolor assiste ao fim da janela de transferências na Europa com pretensões – o prazo se encerra nesta segunda-feira.

A ideia é vender mais um jogador e existem três negociações que já se arrastam há alguns dias, envolvendo os volantes Denilson e Maicon e o atacante Ademilson.

Maicon chegou a dizer “sim” para um clube da Arábia Saudita na última semana, mas o São Paulo recusou a oferta por considerá-la baixa. Em janeiro, o Bologna havia ficado perto de um acerto por R$ 6,5 milhões.

Já Denilson foi procurado pelo Benfica, que ofereceu R$ 11,7 milhões. O São Paulo pediu mais R$ 2 milhões e os portugueses estudam a hipótese de uma contraproposta.

Por fim, Ademilson foi alvo de uma proposta oficial do Cesena, da Itália, no valor de R$ 12 milhões. O fato de ter 20 anos e ser convocado com frequência para as seleções brasileiras de base faz com que o presidente Carlos Miguel Aidar tenha convicção de que o atacante vale mais.

Acertando a casa – O São Paulo vai usar o dinheiro das vendas de Douglas e Lucas Evangelista para quitar direitos de imagem atrasados e pagar uma série de empréstimos tomados em bancos.

Maicon chegou a aceitar proposta de um time da Arábia durante a última semana

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 30 de agosto de 2014 No Diário de S. Paulo | 18:54

Coluna de sábado

Compartilhe: Twitter

coluna

Autor: Tags:

Campeonato Brasileiro | 06:00

Família de Aranha chora na frente da TV com racismo

Compartilhe: Twitter

O sofrimento de Aranha com o racismo da torcida do Grêmio, em Porto Alegre, causou choro e raiva em Pouso Alegre, a 1.328 quilômetros de distância. Era lá, na pequena cidade mineira, que a mulher do goleiro, Juliana, e os três filhos mais velhos do casal assistiam ao jogo pela TV — a caçula, Sofia, de apenas três meses, já estava dormindo.

A esposa e Vitória, de 13 anos, não conseguiram esconder a emoção e ficaram com os olhos cheios de lágrima. “Foi bem triste. A esperança é de que, agora, o futebol acabe de vez com o racismo”, disse Juliana.

Já os filhos Bernardo, de 13 anos, e Gabriel, de 16, se revoltaram com os xingamentos dirigidos ao camisa 1 na Arena do Grêmio. Apelidado de Aranha Junior pelos jogadores do Santos, Bernardo chegou a postar em sua página no Instagram uma foto com o goleiro, acompanhada de uma legenda na qual diz se orgulhar de ter um pai negro.

Aranha Junior, inclusive, decidiu virar jogador de futebol para seguir os passos do pai. Ele era goleiro até 2012, mas passou a jogar no ataque e, hoje, se destaca nas categorias de base do Santos.

Sem participação - José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, presidente e vice da CBF, respectivamente, não quiseram se manifestar sobre o caso de racismo e proibiram os demais diretores da entidade de se posicionarem.

1234

Aranha com a esposa e os quatro filhos em homenagem na Vila Belmiro

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 29 de agosto de 2014 No Diário de S. Paulo | 18:30

Coluna de sexta-feira

Compartilhe: Twitter

coluna

Autor: Tags:

Campeonato Brasileiro | 11:30

Chamado de ‘bichado’ até 2012, Ganso atinge marca inédita

Compartilhe: Twitter

O Reffis e a preparação física do São Paulo estão prestigiados com a cúpula do clube. O culpado: Paulo Henrique Ganso. O meia só ficou de fora de duas das 40 partidas do Tricolor na temporada, já contando o duelo diante do Criciúma, disputado ontem.

Nunca, desde que passou a jogar como titular, em 2009, Ganso teve uma frequência de jogos tão grande. Nesta temporada, ele só se ausentou de 5% dos confrontos são-paulinos.

A comparação com outros anos impressiona: ele perdeu 43% dos jogos em 2009, 42% em 2010, 60% em 2011, 53% em 2012 e 22% em 2013.

Ganso é, ao lado de Rogério Ceni, o atleta que mais atuou pelo São Paulo desde janeiro. O camisa 8 só não encarou o Botafogo, na última rodada da primeira fase do Paulistão, por suspensão, e ontem, por opção.

O Reffis diagnosticou que a musculatura de Ganso estava saturada e sugeriu a folga. O meia também ficará fora do jogo contra o Figueirense, no domingo, por causa do acúmulo de cartões. E a expectativa no Morumbi é de que ele não perca mais qualquer partida até dezembro.

A venda de Douglas para o Barcelona garantiu R$ 7,2 milhões ao Tricolor e mais moral ao Reffis, que deu aval para a contratação do lateral-direito em 2012 — ele havia sido reprovado no exame médico feito pelo Internacional devido a problemas no púbis.

Ganso só ficou de fora de duas partidas do Tricolor na temporada

Autor: Tags: , , , ,

Mercado | 06:00

El Jaish vira favorito para contratar Romarinho

Compartilhe: Twitter

O Corinthians está se esforçando para convencer Romarinho a aceitar uma das propostas que recebeu. Reserva desde o Paulistão, o atacante tem ofertas do El Jaish, do Catar, e do Shakhtar, da Ucrânia. E a tendência é que ele vá parar no time em que jogavam Nilmar e Anderson Martins.

Isso porque Romarinho já deixou claro para a diretoria que não jogará em um país em guerra – a Ucrânia foi tomada por conflitos entre forças do governo e rebeldes pró-Rússia. Na semana passada, inclusive, o estádio do Shakhtar foi atingido por duas bombas e parte do setor noroeste da Donbass Arena ficou destruída.

“A tendência é que o Romarinho acerte com o El Jaish”, avalia uma pessoa próxima ao presidente Mario Gobbi, apostando que a oferta salarial dos árabes o animará. Talismã alvinegro diante do Palmeiras, Romarinho desembarcou somente na noite desta quinta-feira em São Paulo, após viagem desde Cuiabá.

O empenho corintiano em vender seu atacante tem explicação: o El Jaish topa pagar R$ 20,7 milhões. Desde o começo do ano, o clube paulista sofre para manter as contas em dia. E a coisa deve apertar em outubro, quando o Timão tem de pagar a primeira parcela pela compra de Elias, no valor de R$ 2,9 milhões.

Sem contar que a ida de Romarinho para o El Jaish pode facilitar a chegada de Nilmar, que pediu R$ 800 mil de salários e R$ 2 milhões de luvas.

1234

Corinthians pagou R$ 1,4 milhão ao Bragantino por 40% dos direitos de Romarinho após o Paulistão de 2012

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última